//MUDANÇAS NA LEI DA PJC TÊM NOVA RODADA DE DISCUSSÕES

MUDANÇAS NA LEI DA PJC TÊM NOVA RODADA DE DISCUSSÕES

Compartilhe!

Pelo menos 80 policiais civis participaram hoje (6) de mais uma reunião para a discussão das mudanças na Lei Orgânica da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso – PJC-MT. Estes debates têm sido cada vez mais concorridos, o que demonstra um crescente interesse da categoria em contribuir com as propostas de alterações desta Lei, conforme afirmou Edleusa Mesquita, presidente do Siagespoc.

Ela demonstra otimismo com a intensa participação dos investigadores da Polícia Civil nestas discussões, destacando o fato de que as mudanças terão uma grande influência na vida funcional dos investigadores, tanto da ativa quanto dos aposentados.

As discussões de hoje foram abertas com uma palestra do policial federal Rafael Ranalli, diretor jurídico do Sindicato dos Policiais Federais de Mato Grosso, que falou de situação semelhante vivida por sua categoria. Ele deixou claro que os profissionais que serão afetados pelas mudanças que virão devem estar motivados para as discussões para que não seja preciso lamentar depois.

Edleusa Mesquita reforçou a convocação aos investigadores para as reuniões que estão sendo realizadas (amanhã será realizada mais uma na sede do Siagespoc, às 9:00 horas), anunciando a próxima para depois do carnaval e mais uma na primeira semana de março, todas voltadas para a reformulação da Lei 407. E sugeriu ao pessoal do interior que queira participar para fazer contato com o diretor da sua sub sede.

Por fim, ela lembrou que a união faz a força, concluindo que quanto mais sindicalizados participarem, mais completo será o rol de sugestões de mudanças.